abril 07 2021 0Comentário

Benserazida como um potencial novo indutor de hemoglobina fetal: um estudo observacional em não portadores de distúrbios de hemoglobina

A benserazida é amplamente utilizada como adjuvante no tratamento da doença de Parkinson e foi observada, em ​​modelos pré-clínicos,  sua capacidade em induzir a produção de HbF. O objetivo deste trabalho, liderado pelo Prof. Dr. Kleber Fertrin, foi determinar se os pacientes que receberam este medicamento como parte do seu tratamento para a doença de Parkinson tinham evidência de aumento da hemoglobina fetal e se anormalidades hematológicas estavam presentes naqueles pacientes o que poderia ser crítico para o uso seguro em ensaios clínicos para as anemias. Os resultados obtidos revelam que, em pacientes sem hemoglobinopatias, há tolerância a longo prazo aos medicamentos contendo benserazida, em doses até dez vezes maiores do que o que foi previsto para aumentar a hemoglobina fetal em modelos pré-clínicos. Consulte o link: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1079979620305489?via%3Dihub

michel

Write a Reply or Comment