Unicamp
Principal O Hemocentro O Doador O Paciente Imprensa Dúvidas Cronograma de Coletas Contato
Programa de Qualidade

» CENÁRIO E MOTIVAÇÃO

Em maio de 1998, o Ministério da Saúde escolhe a META MOBILIZADORA NACIONAL SETOR SAÚDE com a premissa “Sangue com garantia de qualidade em todo o seu processo até 2003" para representá-lo junto ao Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade. A partir desta decisão foram propostos doze projetos/programas, dentre eles o Programa de Acreditação dos Serviços de Hemoterapia. Estes projetos/programas foram elaborados pelos comitês temáticos com a representação da sociedade e de técnicos do Ministério da Saúde, dos serviços de hemoterapia, das vigilâncias sanitárias dos estados, das sociedades de especialidades e dos usuários.

Em janeiro de 1999, a Coordenação de Sangue do Ministério da Saúde, a Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (SBHH) e a Organização Nacional de Acreditação (ONA) iniciam a elaboração conjunta do Manual Brasileiro de Acreditação de Serviços de Hemoterapia (manual oficializado através da Publicação da Resolução - RDC nº 75, de 07 de abril de 2003).

Enquanto esperava-se pelo Manual Brasileiro de Acreditação de Serviços de Hemoterapia, alguns Hemocentros iniciaram um trabalho de implantação de conceitos da qualidade baseados na Norma NBR ISO 9000, tais como: Fundação Pró-sangue de São Paulo, certificado em 1998 e Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, certificado em 1999. A exemplo destes Hemocentros, o Hemocentro da Unicamp certificou-se na nesta norma em 18 de janeiro de 2002.

Inicialmente, a NBR ISO 9002/94 cumpria a meta de garantir a qualidade em todo o processo de produção de hemocomponentes. Atualmente, após duas revisões nos últimos 8 anos (ISO 9001/2000 e 9001/2008), esta norma tornou-se uma alternativa eficaz de gestão da qualidade, associada aos procedimentos de boas práticas eleitos pela legislação vigente.

CERTIFICAÇÃO

O Hemocentro de Campinas/UNICAMP iniciou o processo de implantação da Norma NBR ISO 9002/94 em fevereiro de 2000 e certificou-se em 18 de janeiro de 2002. O escopo inicialmente certificado contemplou todo o ciclo de produção de hemocomponentes, a saber: “captação e recepção de doadores de sangue, coleta de sangue total e produção de hemocomponentes, inspeção sorológica/NAT e imuno-hematológica, preparo e transfusão de componentes sanguíneos, produção de hemocomponentes por aférese e coleta e criopreservação de células progenitoras periféricas por aférese. Realização de exames laboratoriais de Rotina Hematológica, de Hemostasia, de Marcadores Celulares e de Citogenética”. Atualmente encontra-se certificado na Norma NBR ISO 9001 versão 2008 até maio de 2016.

PASSOS PARA A IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE (SGQ-HEMOCENTRO DE CAMPINAS/UNICAMP)

Alguns passos descritos a seguir muitas vezes ocorreram em paralelo:

1.  Escolha da norma a ser seguida;

2.  Definição do escopo do projeto;

3. Definição da missão, visão de futuro, política da qualidade e objetivos da qualidade;

4. Identificação dos clientes e dos principais processos produtivos / críticos da organização;

5. Definição da metodologia para mapeamento dos processos;

6. Descrição, implantação da documentação e treinamento dos envolvidos;

7. Definição de indicadores globais da instituição e locais (para cada processo);

8. Descrição e implantação de metodologia para realização de auditorias internas;

9. Definição e qualificação do órgão certificador certificado pelo INMETRO;

10. Agendamento de auditoria externa para certificação.

BOM SENSO X APLICABILIDADE

O bom senso na escolha dos requisitos a serem seguidos passou pela análise:

•   da norma mais adequada ao seguimento de mercado, ou ao produto/serviço, e à legislação vigente;

•  da metodologia de implantação do SGQ;

•  das ferramentas para manutenção do SGQ

ESCOLHA DA NORMA A SER SEGUIDA E DO ESCOPO DO SGQ

A escolha da norma se deu em função da semelhança do fluxo de produção do sangue à uma linha de produção e da aplicabilidade de suas exigências. Requisitos como verificação, inspeção, rastreabilidade, conformidade, validação de processos e equipamentos, medição, monitoramento, análise de dados, melhoria contínua, etc, não eram desconhecidos pelas áreas técnicas e viáveis de serem implantados em todo o escopo.

As Normas da família ABNT ISO 9000 foram desenvolvidas para apoiar organizações na implementação e operação de sistemas de gestão da qualidade mais eficazes. Para tanto, estas normas têm seus requisitos alicerçados em dois pilares: o PDCA (Plan, Do, Check, Act) e os Oito Princípios de Gestão da Qualidade.

Inicialmente, foi escolhido o “Fluxo do Sangue” para a certificação nesta norma. Um ano após a 1a.Certificação, ampliou-se o escopo do Sistema de Gestão da Qualidade com a inclusão do Laboratório de Rotinas Hematológicas e Laboratório de Hemostasia. Em 2007, foram incluídos mais dois laboratórios que não participam do Fluxo do Sangue: Laboratório de Marcadores Celulares e o de Citogenética. Atualmente estamos desenvolvendo trabalhos para a certificação dos laboratórios de Histocompatibilidade e de exames laboratoriais Complexos em Hemoterapia e do Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (BSCUP).

NOSSOS CLIENTES

O primeiro princípio de Gestão da Qualidade - “Foco no Cliente” - direciona as ações de melhoria de uma organização para a atenção às necessidades atuais e futuras de seus clientes. Neste sentido, o Hemocentro de Campinas/UNICAMP possui metodologia específica para o tratamento de reclamações e a avaliação da satisfação destes.

O primeiro cliente identificado foi o doador de sangue. Em seguida os pacientes e as instituições (hospitais, agências transfusionais, laboratórios para os quais são fornecidos hemocomponentes e/ou exames laboratoriais). A comunidade acadêmica (alunos de graduação e pós-graduação, professores) e as organizações governamentais e não-governamentais (ONGs) envolvidas na assistência médica da região são identificadas também como clientes do Hemocentro de Campinas/UNICAMP.



Centro de Hematologia e Hemoterapia - HEMOCENTRO de Campinas

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

Rua: Carlos Chagas, 480 - Cidade Universitária "Prof. Zeferino Vaz"

Distrito de Barão Geraldo - Campinas/SP - Brasil

Cep: 13083-878, Campinas/SP

Veja nosso Mapa de Localização

     

Lógica Digital